Cooperação

é a chave

O trabalho de conservação de espécies ameaçadas precisa do envolvimento das comunidades e público em geral. Sem o apoio e participação direta dessas, as ações tem pouca efetividade e correm o risco de desaparecer com o tempo.

Sensibilizar

O primeiro passo para a participação popular é a sensibilização quanto a necessidade de proteção das espécies e os benefícios que essas iniciativas trarão as comunidades. É nessa etapa que se conhece líderes e parceiros, e se identificam as oportunidades de cooperação.

Envolver

Uma vez sensibilizadas, as comunidades são envolvidas nas ações e iniciativas, recebendo treinamento e cursos de capacitação. Tornam-se colaboradores locais, coletando dados, facilitando e motivando moradores a participar de reuniões e ações de educação ambiental.

Apoiar

O próximo estágio é de apoiar tecnicamente essas comunidades, à medida que elas debatem, desenvolvem e incorporam ações próprias de valorização e uso sustentável do meio ambiente.

Projeto Brigada da Natureza

O Projeto Brigada da Natureza completou 14 anos em 2016. É voltado para crianças e adolescentes em situação de risco da região de Iparana. Seu objetivo é desenvolver a cidadania e consciência dos jovens, à medida em que trabalha com o resgate da autoestima e do protagonismo através da música, dos esportes e do meio-ambiente. Os brigadistas participam de ações de sensibilização nas comunidades onde a Aquasis trabalha com as espécies ameaçadas. Alguns membros mais antigos são hoje instrutores das novas turmas, e muitos ex-brigadistas terminaram a faculdade e logo foram absorvidos pelo mercado de trabalho em virtude da sua formação diferenciada.

Autoestima

O resgate da autoestima é um trabalho contínuo, reconhecendo os problemas e diferenças individuais, trabalhando o afeto e respeito.

cooperativismo

Não existe competição dentro da Brigada. Todos os brigadistas aprendem a trabalhar em cooperação, de forma a atingir o aprimoramento enquanto equipe e enquanto individuo.

Educação Ambiental

A EA é um tema transversal, onde os problemas ambientais locais são trabalhados de forma lúdica, através da música principalmente.

conheça nossa equipe

Leticia Gonçalves

Letícia é estudante de Biologia e foi voluntária do PMM (2012). Realizou estágio em reabilitação de peixes-bois em Porto Rico. Hoje é monitora do NEA, oferecendo palestras para grupos que visitam o CRMM.

Jefferson Mauricio

Jefferson conheceu a Aquasis em 2011, quando participou do PBN. Dedicado à música desde cedo, se tornou Monitor do Projeto Brigada da Natureza em 2015, e desde então oferece aulas de percussão às crianças.

Odara Amaral

Monitora do NEA e voluntária do PMM desde 2015, Odara iniciou seu contato com a Aquasis em 2011, quando participou do Projeto Brigada da Natureza (PBN), o qual despertou seu interesse pelos mamíferos marinhos.